sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Framework de Projetos - P2M® - Inovação

No meu post anterior eu escrevi sobre o tema P2M - Desenvolvendo um novo sistema de gestão de conhecimento de Projetos  e como prometido vou escrever sobre o framework P2M®.


O BoK japonês está baseado em uma 'estrutura superior' denominada P2M® que, de acordo com o Comitê de Norma Japonês, está relacionada ao negócio de 'gerenciamento de projetos' enquanto o Bok Norte-Americano e Europeu estão relacionados apenas ao gerenciamento de um projeto.


Dentre os objetivos do P2M® estão:
  • Criar valor através do aumento da lucratividade e produtividade dos negócios utilizando-se de gerenciamento de projetos,
  • Expandir as áreas de projeto através do ensino e pesquisa  do gerenciamento de projetos, provendo metodologias, técnicas e ferramentas,
  • Ajudar o gerenciamento de projetos e seus profissionais na obtenção de reconhecimento social e industrial,
  • Buscar e se utilizar da sabedoria acumulada,
  • Certificar os profissionais, 
  • Adoção de uma abordagem de modelo de projeto: esquema, sistema e serviços (veja figura abaixo sobre os domínios),
  • Gerir cada um dos seguintes itens de estratégia:  finanças. sistemas, recursos, relevância e valor.

Tendo o guia (Project and Program Management for Enterprise Innovation) como base de estudo o P2M® assume que os projetos se encaixam nos seguintes tipos e que devem produzir valor para cada um deles (ou através do efeito combinado entre eles)  utilizando-se da base de conhecimento acumulada. 


  • Sistema (System) - grupos de estruturas de unidades independentes que substituem e incorporam o framework para se adaptar a mudanças circunstanciais, isto é, implementação.
  • Esquema (Scheme) - Processo de transformar as ideias e insights de originadas de forma colaborativa em documentos concretos, cenários e planos alinhados a missão da empresa, isto é, desenvolvimento conceitual.
  • Serviços (Services) - Buscar novas oportunidades e processos de know-how e aquisição de dados da construção e usos dos sistemas, isto é, operação.
  • Domínios do P2M®

Este modelo visa criar um framework para a indústria de manufatura de modo que elementos não técnicos sejam misturados ao modelo de manufatura criando um novo modelo de serviço.
Este método quer movimentar o modo como atua o gerente da organização onde hoje ele exerce forte controle (Control Type)  para atuar no controle do produto do projeto (Project Producing Type). 


Gerente da Organização


Lembrando também que este modelo pretende assegurar a entrega de valor para empresa como resultado final do projeto (valor = entregável !)

O quadro de domínios acima vai além da gestão de projetos, ele foca em inovação e melhorias englobando esquema e serviços através da integração destes domínios pela utilização de Gestão de Programas, onde o conceito fundamental é que os requerimentos criem valor para a empresa através de vários projetos agrupados dentro de um programa.

Estes três domínios devem ser diversificados, criativos, sinérgicos para serem aderentes aos modelos de negócio da empresa. 

Para garantir a entrega dos projetos e programas estabeleceu-se que seu ciclo de vida  deva seguir o modelo abaixo desde sua concepção (esquema) até a entrega (serviços), à este framework  deu-se o nome de  Torre P2M®  (P2M Tower®), é ela que irá assegurar a entrega de valor para a empresa.
  • P2M Tower (framework de gerenciamento de projetos)

Importante salientar que este guia de referência se procura dividir a Gestão de Projetos em 11 segmentos (Individual Management Skills)  ou áreas de conhecimento e, que existe um sistema de certificação dos profissionais que visa assegurar o cumprimento destes pontos. Todos este onze seguimentos obedecem os seguintes processos internos:


Portanto quando falamos do seguimento, Gerenciamento da Estratégia do Projeto, ele é composto pelos processos acima
  1. Gerenciamento da Estratégia do Projeto - Esclarece a relação entre estratégias e projetos corporativos e introduz atividades do projeto de forma eficaz para a criação de valor corporativo,
  2. Gerenciamento de Sistemas do Projeto -  Método de pensamento que procura evitar que o gerente se depare com questões ambíguas e inesperadas no momento da realização das atividades do projeto.
  3. Gerenciamento dos Objetivos do Projeto - Proporciona a equipe do projeto um caminho a partir do qual a equipe possa imaginar os processos que devem ser completados sob restrições de prazos,recursos e contratos para entregar o projeto de forma adequada,
  4. Gerenciamento dos Riscos - Método de controle e resposta ao risco que possa existir, 
  5. Gerenciamento das Relações - Processos operacionais que determinam a relação entre as partes interessadas no projeto de modo a levá-lo ao sucesso, 
  6. Gerenciamento da Finanças do Projeto Método  que visa a construção de uma estrutura de captação de recursos necessários para a execução do projeto,
  7. Gerenciamento da Organização do Projeto - Método para que a organização operacional do projeto possa responder com rapidez e flexibilidade as mudanças requisitadas pelo ambiente corporativo
  8. Gerenciamento de Recursos do Projeto - Como gerir e assegurar os seis recursos:material, humano, financeiro,intelectual,informações e essenciais,
  9. Gerenciamento da Informação - Como tirar o máximo de informação e da  tecnologia da informação (TI) para  cumprir a execução e entrega do projetos
  10. Gerenciamento do Valor - Processo que acumula experiência e conhecimento de atividades organizacionais ou do projeto como fonte de valor e feedback para projetos,
  11. Gerenciamento  dComunicação - Método de comunicação que busca envolvimento no negócio do projeto e na comunicação intercultural intimamente relacionada ao gerenciamento de projetos.
O que chama mais a atenção neste modelo, é que ele foi concebido dentro de um pais como resposta a perda de competitividade da economia japonesa frente a China e a Índia, isto é, o framework procura inserir no contexto de gestão de projetos: Inovação e Solução de Problemas em um ambiente econômico extremamente dinâmico.

Quer saber mais ? 
- http://www.pmaj.or.jp/ENG/P2M_Download.htm
- http://www.pmaj.or.jp/p2m/exam/shikaku_kaitei.html
- http://www.technologyfirst.org/magazine-articles/78-july-2010/529-p2mr-project-management-japanese-style.html

- PMAJ – Project Management Association of Japan. 2005. A Guidebook of Project & Program Management for Enterprise Innovation. Volume I, Revision 3. October 2005 e Volume II, Revision 1. October 2005, Translation by Shigenobu Ohara.

Curta a página de Excelência Operacional e Gestão de Projetos no Facebook, clicando em:http://www.facebook.com/nelsonrosamilha, e, siga-me no twitter: nelsonrosamilha (vagas de emprego e frases de gestão)

BOM USO !

Nelson Rosamilha,PMP®,BB®,Prince 2 Practitioner®
rosamilha@gmail.com
Twitter: nelsonrosamilha
http://br.linkedin.com/in/rosamilha
  

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

P2M - Desenvolvendo um novo sistema de gestão de conhecimento de Projetos

P2M® é um Guia para Projeto e Gestão de Programa de Inovação Empresarial lançado em novembro de 2001 no International Project Management Congress, em Tóquio. “P2M” é uma abreviatura para A Guidebook of Project and Program Management for Enterprise Innovation
É um guia de referência desenvolvido pelo Engineering Advancement Association´s (ENAA) Committee for Innovative Project Management Development Committee, uma equipe de visionários selecionados e praticantes de Gestão de Projetos e gestão de negócios baseados em programas advindos da indústria, academia e consultorias do Japão (P2M®).

O enfoque do P2M® é assegurar a criação de valor para as empresas públicas ou privadas, e a elaboração de uma cadeia de valor consistente desde a estratégia, passando pela missão, pelos programas que implementam as estratégias, até os projetos que implementam os programas. 

Assim, o P2M® está alinhado com o conceito de gestão corporativa de projetos ou Enterprise Project Management (EPM).

A filosofia de Gestão de Projetos pregada pela P2M consiste em decifrar questões complexas, desenvolvendo e interpretando missões, propiciando estruturas para soluções ótimas através de programas, os quais consistem de projetos inter-relacionados (P2M®), sua  abordagem de Framework  tem como objetivo tratar os seguintes tipos de projetos:
  • desenvolvimento do conceito (scheme model),
  • implementação (system model) e,
  • operação (service model)
É interessante salientar que neste guia de referência se procura dividir a Gestão de Projetos em 11 segmentos ou áreas de conhecimento: 
  1. Estratégia,
  2. Sistemas,
  3. Objetivos,
  4. Riscos,
  5. Relacionamentos, 
  6. Finanças, 
  7. Organização, 
  8. Recursos, 
  9. Tecnologia da Informação, 
  10. Valor e,
  11. Comunicações. 
Percebe-se que o P2M® pretende ser mais sistêmico e abrangente, procurando dar ênfase a áreas e processos chave para o sucesso na gestão de uma organização (como estratégia, sistemas, relacionamentos, finanças e tecnologia da informação). Além disto ele possui trata as seguintes seções: 
  • Entradas do Projeto, 
  • Gestão de Projetos, 
  • Gestão de Programas e Gestão de Segmentos de Projetos.

Concluindo:

  • P2M® é um guia para adquirir o conhecimento do gerenciamento de projetos  para a os  profissionais realizarem a missão de entregar projetos
  • P2M® fornece base para certificação profissional
  • P2M® é dividido em partes: entrada, gerenciamento de projetos e pacote de conhe-cimento.
  • P2M® seleciona termos técnicos e com atenção à sua interpretação e integração.


A certificação dos profissionais é feita a partir do Centro de Gerenciamento de Qualificação do Projeto de Certificação que inicia-se pela certificação da qualificação. 
No nível primário, a qualificação de Especialista em Gestão de Projetos (PMS®) é certificada com base naqueles que dominam o conhecimento em conformidade com o P2M® (Nível conhecimentos adquiridos ).

No próximo nível prático, a qualificação do Project Manager Registrado (PMR®), que exige nível superior capacidade e experiência prática, e no nível mais elevado, a qualificação do Programa de Arquiteto de Gestão. 

PMR® está focada na capacidade prática de centralização em torno do gerenciamento de projetos orientado para a frente de trabalho , enquanto a PMA® é uma qualificação para a gestão do programa que busca gestão integrada de vários projetos complexos. Para estas duas qualificações, aqueles que já têm a qualificação PMS® tem o direito de fazer o teste.


    fonte: P2M®

No meu próximo post irei discorrer mais detalhadamente sobre o Framework, aguardem !

Curta a página de Excelência Operacional e Gestão de Projetos no Facebook, clicando em:http://www.facebook.com/nelsonrosamilha, e, siga-me no twitter: nelsonrosamilha (vagas de emprego e frases de gestão)

BOM USO !

Nelson Rosamilha,PMP®,BB®,Prince 2 Practitioner®
rosamilha@gmail.com
Twitter: nelsonrosamilha
http://br.linkedin.com/in/rosamilha
  

Gerenciando Clientes em Projetos - Experiências que não te contam...

Interessados em projetos, de modo prático e pragmático é qualquer pessoa afetada pelo projeto de qualquer forma  isto inclui inclusive sua...